14.3.10

Princípio comum

Isadora Garcia


Num segundo me vem a vontade

de tudo o que sinto poder expor.

Corro então, busco a verdade

de cada palavra que venero com amor.


Muitas vezes o que fica é o vazio,

a procura ainda não acabou.

Pelos labirintos de rimas vadio,

pois a tentativa primeira não saciou.


Então de repente o conflito faz sentido,

reconheço-me por inteiro depois de ter lido,

aquieto meu peito e sorrio por ter conseguido.


Na poesia acho não a resposta, mas a solução.

Sua magia me fascina e me dá gratidão.

Sentimentos e palavras em perfeita união.


-------------------------------------------------------


Sendo hoje o Dia nacional da poesia, não podia deixar de fazer esta homenagem! A poesia merece mais do que isso, na verdade, mas como não posso mostrar a todos do mundo o seu verdadeiro valor, fico com estes versos singelos neste dia chuvoso...

3 comentários:

Kaio Moraes disse...

Aqui estou, enfim, para comentar seu blog, fazendo-o especialmente nessa profunda e perfeita poesia, que me agradou de maneira que não pode ser aqui descrita. Sinceramente, já te disse isso, você tem muito talento. Poesia é uma das coisas mais ncessárias nesse mundo cão em q vivemos, e cada vez menos pessoas as escrevem ou lhes dão a devida atenção. Me sinto feliz e até honrado de conhecer alguem que faz as duas coisas de maneira tão completa e natural. Parabéns e aconteça o que acontecer, nao pare de escrever!!

João Manoel Nonato disse...

"Na poesia acho não a resposta, mas a solução."

e não se ha de comentar mais nada...

Isadora Garcia disse...

=)