22.10.09

A esperança é a última que morre

Por: Isadora Garcia


"Lá, a felicidade assombra, porque, ora bolas, é o que se repete desde os tempos bíblicos, a esperança será a última a morrer. Sobrevivendo aos sonhos desmedidos, aos gestos bem intencionados, à miopia criada pelos hábitos, às palavras ditas sem pensar, à paralisia do orgulho, à sinceridade inconsequente, às desculpas que chegaram tarde demais."


"Fábula Urbana", Maurício Gouveia, "Clube da Leitura - modo de usar - vol I"




A esperança é um sentimento estranho. Ela não pede licença e se intromete nos nossos assuntos, quando vamos ver, ela já está em nós, alojada, e acabamos gostando, acabamos alimentando-na.

Dona do próprio nariz, a esperança mora em qualquer lugar. Onde ela vê que está surgindo uma certa tristeza, um certo ar de descrença ela se abriga, se instala. E não adianta reclamar, que ela é decidida e não vai embora até que você pense que nem ela.

A esperança é indestrutível, ela sabe que enquanto houver vida ela existirá, ela sabe de tudo, ela é dona de tudo. Mas nem por isso ela se acha, ela fica se gabando por aí... A esperança, na verdade, é bem modesta, até... Ela é camarada, anda com todo mundo, em qualquer época da história, em qualquer estação do ano, em qualquer lugar do planeta.

Para a esperança somos todos iguais e merecemos todos um bom futuro. Para ela há solução pra tudo e não há o que temer. A esperança acredita em cura pra corrupção, fim de guerras, paz mundial, fim do preconceito, cura pro câncer, cura pra AIDS, fim do desmatamento. Ela acredita em sorrisos, em abraços, em felizes para sempre, eu te amo, saudades, promessas, perdão.

Se todos fossem que nem a esperança o mundo seria mais verde, haveria mais arco-íris por aí, mais amor no coração, mais gente olhando pro céu sorrindo para seus próprios pensamentos. Mas a esperança não vai desistir nunca. A meta dela é convencer a nós todos de que toda a bondade é possível. A esperança tem uma finalidade. A esperança é a última que morre, mas no dia em que ela conseguir alcançar seu objetivo, ela promete que vai se mandar. E aqui embaixo ficaremos todos morrendo de saudades dela, mas ainda assim seremos felizes, repetiremos seus ensinamentos todos os dias, credores de um futuro muito melhor para todos.

3 comentários:

Bruna Fajardo disse...

adorei =)

gabi_fortes disse...

aaah, ameei :)
mas como diria a isabele.. "esperança é a última que morre, mas a primeira a matar" hahahahaha

Ronaldo Lírio disse...

A ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE MORRE.
Acreditar que as coisas podem ser diferentes é fundamental para a manutenção da própria existência
Se está muito enfermo, não se desespere.
Confie seus temores e aflições ao Poder Supremo.
Tenha fé inabalável e sem limites de que tudo vai dar certo.
Faça um exame profundo de sua própria pessoa, e encontrará no âmago de sua personalidade, a resistência que o Criador ali colocou, quando lhe deu vida.
Ronaldo Lírio.